musicas.mus.br

Letras de músicas - letra de música - letra da música - letras e cifras - letras traduzidas - letra traduzida - lyrics - paroles - lyric - canciones - RECOMEçO - ADSBETIM - música e letra

Utilize o abecedário abaixo para abrir as páginas de letras dos artistas

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z

Recomeço letra


Não feche os olhos e veja quem tá de volta
No ímpeto do recomeço o sonho que aflora

O combate foi intenso para garantir o foco
Quantos pediram arrego e tombaram no octógono

Cada gota de suor cada pingo de lágrima
Fez surgir um novo ser que tão fácil não se abala

Qual o maior privilegio, o de poder estar vivo
Mesmo com lágrimas e risos, superar seus conflitos

Cê tá ligado né truta, a vida não é comédia
Sodoma moderna onde os vermes proliferam

Nos revezes da vida portas se fecham e se abrem
E conduz nossas vidas a uma nova fase

Sou testemunha ocular do milagre de Deus
Sou condenado acusado que se converteu

Quero ter nome e sobre nome tipo os de doutor
Ouça esta voz, sou vetim, aliados do senhor

Muitos diziam que havia terminado...
Que o sonho acabou
Mais se esqueceram que os sonhos do a.d.s
Jesus ressuscitou

Não nasci pra ser mais um resolvi ousar
Alcançando o impossível dá pra imaginar

Marcando minha geração e fazendo estrago
Tipo 2pac um dia quero ser lembrado

Equilibrava nas marquises com um spray na mão
Eu de pé minha mãe só em oração

Não foi legal tiozão, as paginas que escrevi
Pai aos 18 e foi no mundo que aprendi

Quer viver faz seu corre cada um na sua
Melhor pedir do que roubar código de rua

Tipo Lutero pra rachar pra bater de frente
Calça larga e aba reta meu visu de crentes

Quero vencer ir além ganhar o meu din din
Ser referencia pros mulekes que crescem aqui

Quero ter nome e sobre nome tipo os de doutor
Fiz minha cara, dimas – aliados do senhor

Muitos diziam que havia terminado...
Que o sonho acabou
Mais se esqueceram que os sonhos do a.d.s
Jesus ressuscitou

Daqui vou vendo vários corres do a.d.s
Vi as portas se abrindo com o poder da prece

Por varias vezes tirados pela roupa larga
Simplesmente esnobados vários não na cara

Quer julgar, então me julgue atire sua pedra
Vou colhendo o que plantei na mais fértil terra

Deleitando na vitória um brinde pra nós
De coca cola né tio, eu sigo na voz

Guerreando na batalha não fogem da luta
Desde o ventre escolhidos pra trincar com os trutas

Pinga o suor dos guerreiros e cai na poeira
Do chão socado e humilde na simples igreja

Apocalipse 3-7 é Deus que abre portas
Abre todas fechadas a minha volta

Ultrapassando as barreiras me torno imbatível
Aliada ao senhor vou conquistando o impossível

Adsbetim - Letras

©2003 - 2017 - musicas.mus.br